domingo, 30 de março de 2008

Menezes imparável no disparate

Do Diário de Notícias de hoje, p. 25, “o presidente do PSD prometeu que, se for eleito primeiro-ministro em 2009, no final do seu mandato o IVA será de 16 por cento, como é actualmente em Espanha.”

Estamos muito curiosos em conhecer o documento e os nomes dos especialistas seus autores, no qual se baseia esta promessa. Infelizmente, cheira-me que o documento foi uma rabanada de vento e o seu único autor, Menezes.

Quem é que pode acreditar, durante um milésimo de segundo que seja, na seriedade desta proposta? Como é que alguém que tem a megalómana ambição de ser PM pode imaginar que em Portugal há tolos suficientes para engolir tamanha patranha? O que mais impressiona em Menezes, nem são as suas asneiras, mas a sua total incapacidade de aprendizagem. Não ouviu ainda suficientes críticas à sua falta de credibilidade? Precisa de fornecer ainda mais provas dessa mesma falta de credibilidade?